Clinical discriminators between acute brain hemorrhage and infarction: a practical score for early patient identification.

Artigo publicado em 2002 quando a maioria dos hospitais não dispunha de tomografia computadorizada e o diagnóstico precoce de AVC era uma dificuldade ainda maior. O objetivo foi criar uma escala com informações clínicas simples que diferenciasse hemorragia intra-parenquimatosa de isquemia/infarto entre os pacientes com AVC. Foram estudados 1.273 pacientes com AVC isquêmico e 237 com AVC hemorrágico do Stroke Data Bank. Variáveis independentes para o diagnóstico foram determinadas pela análise de regressão logística e utilizadas para criar uma escala. Através da curva ROC foi escolhido o nível de corte para discriminar HEM (menor ou igual a 2), com sensibilidade de 76% e especificidade de 83%. Foi realizada validação externa utilizando pacientes do estudo NOMASS. O artigo conclui que embora o uso de uma escala de fácil aplicação pelas equipes de emergência não possa substituir os métodos de imagem na diferenciação entre AVC isquemico e hemorrágico para a indicação de trombólise, a escala aqui proposta pode ser útil para selecionar pacientes para estudos clínicos e tratamento pré-hospitalar, alertar técnicos de tomografia e as equipes médicas sobre a chegada de pacientes e contribuir para reduzir atrasos cruciais no tratamento. (Arq Neuropsiquiatr 2002;60(2-A):185-191)  <<< leia o artigo >>>

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s